Siga nossas redes sociais

O fim do Marketing Online e Off-line

02 abr

 

Está anunciado o fim da clara divisão entre o marketing online e o marketing off-line. A previsão já está se concretizando no mercado, que cada vez mais integra as mídias para uma campanha satisfatória.

Essas mudanças estão acontecendo por um conceito simples: não é aconselhado colocar todos os ovos em uma mesma cesta. Como o objetivo da comunicação é atingir efetivamente o público-alvo, deve-se concentrar os esforços nas mídias que melhor atingem esse público. Com o fim dessa subdivisão, tem-se mais precisão com o mínimo de dispersão.

Uma campanha publicitária bem planejada deve ser feita com o equilíbrio de ambos. A predominância de uma ou de outra deve ser definida tanto em função das preferências do público-alvo, como pelas características do produto ou serviço que se vai anunciar.

O exemplo da integração dos dois meios  é o uso de QR Code em materiais off-line que levam à pessoa a entrar em um site específico na internet. E do meio on para off, temos o exemplo de sites, páginas de face e instagram que promovem lojas físicas, construindo assim uma identidade à marca e uma proximidade maior com o público.

A Zero ad já pratica esse movimento e possui uma mecânica interna de interação entre os meios. As campanhas são desdobradas de forma harmoniosa para que a publicidade se torne efetiva e atraente.

Afinal, tudo se resume a marketing, voltando ao conceito real da palavra. É impossível tratar do marketing de uma empresa ignorando o mundo on.  E da mesma forma é impossível ignorar o mundo off.  Tratar o cenário com o ponto focal em apenas um dos lados é um erro tático de comunicação.

Fontes:
http://www.administradores.com.br

Home

Voltar

Compartilhe: